28 fevereiro, 2007

│endoderme│






sendo em definitivo pedra. rochosa.

se puder escolher, tentarei ser um grande rochedo no meio do mar, para continuar a recolher a tristeza dos que se vêm sentar a olhar a sua vastidão, por horas esquecidas. os dias e as noites em melancólica sucessão, sol levantando e caindo ao redor, com uma lentidão informulável, e talvez pudesse interrogar a um velho marinheiro que rota escolhem as longínquas aves salinas. talvez pudesse sonhar, com a exactidão de um velho marinheiro, essa inacessível rota do mar.

sendo em definitivo poderosamente só. se puder escolher.

25 fevereiro, 2007

│moonshot│



obrigada, (in)tacto, pela descoberta de dean & britta. i wish you bonne voyage, my friend.

20 fevereiro, 2007

│cin ti lar│



julie doiron, deliciosa descoberta para mordiscar o gomo das manhãs.

19 fevereiro, 2007

│moon palace│





grau degrau degradar dar

por baixo do chão um caminho branco
e à volta transeuntes tão alheios
à cintilação secreta de um mar
em todas as imagens que se esquivam,
agudamente.