06 outubro, 2006

│pequena dimensão de interioridade│






útero calcinado a preto e branco, manhãs tropeçando. muito, muito,
vontade sépia afiada em sobreposições de cesarianas.

perfeitamente longe da lua minguante.

nothing to lose, by isabelle antena (remixed by thievery corporation).

1 comentários:

(in)tacto disse...

espaços de interioridade, de silêncios suspensos e de sorrisos que se abraçam. com saudade :)