03 março, 2007

│outras audições│



só o sangue dói como um relâmpago.

para ouvir com o queixo pousado nos joelhos, de olhos fechados para melhor abrir o céu, sentindo dentro o traço de fogo de uma mão silenciosa que se fecha. povoar milimétrica e cirurgicamente todos os espaços em branco ardente.

2 comentários:

rosa disse...

em branco ardente...

vou.

imo disse...

em chama.

│the end│

perdeste o nome como eu há muito perdera a infância. trying to stay awake noite turva pelo tamanho do medo and remember my name tentando lu...